Archives for : Blogs e Internet

Uma breve reflexão sobre o Narciso Moderno


O Narciso ModernoO mito do Narciso é muitas vezes utilizado para ilustrar o que chamamos – graças à psicanálise – de Narcisismo. Comumente, relacionamos ao narcisismo o mesmo que egoismo ou então preocupar-se muito com a própria imagem. No mito grego, Narciso era um jovem que foi condenado, devido à sua arrogância, a apaixonar-se por sua própria imagem. Só que as pessoas só conhecem o lado de “Narciso era apaixonado por si mesmo” e usam isso para falar a respeito de pessoas que não conseguem ver além dos próprios umbigos, ou daqueles que se prendem muito em suas imagens virtuais nas Redes Sociais.

Só que o mito fala muito mais do que isso e o que o mito complementa sobre Narciso pode muito bem nos ajudar a compreender o Narciso Moderno.

Continue Reading >>

Grupo de Estudos Virtual – a Psicologia do Inconsciente


Carl JungFaz algum tempo iniciei uma prática que há muito queria voltar a fazer: grupos de estudo com meus alunos. Iniciei a estudar assim na época da graduação em psicologia, quando reunia colegas interessados em estudar Psicologia Analítica e liamos juntos alguns textos. Na mesma época, estudava fora da faculdade em cursos direcionados por psicólogos junguianos. Foi nesses estudos que descobri o livro Psicologia do Inconsciente de Carl Jung.

A princípio, esse livro pareceu-me bastante completo, com conceitos pontuais e explicações bastante práticas sobre várias questões referentes à teoria junguiana. Acabei até utilizando várias de suas citações no corpo do meu TCC sobre o feminino sombrio. Mas o melhor desse livro não era nem a facilidade de compreensão de seu texto, mas sim algo que fui descobrir depois de algum tempo de estudar esse texto: ele ilustra claramente a forma de pensamento desse psicólogo suíço. E isso, talvez seja o mais importante a se estudar.

Continue Reading >>

Uma nova rodada para a “Cura Gay”


Como aconteceria a Cura Gay?Diante da notícia do arquivamento do projeto da “Cura Gay”, vemos que as manifestações populares conseguem mostrar para os deputados qual é o desejo do povo e não só de uma minoria. Pela notícia, parece que o Dep. João Campos resolveu arquivar o projeto, mesmo ainda acreditando nele. Mesmo assim, tem muita gente ainda falando sobre isso, principalmente por conta da desinformação. E quem mais está desinformado é o próprio legislativo! Um dia após o arquivamento pelo autor original, o Deputado Anderson Ferreira, do PR-PE – também da bancada evangélica do congresso – reapresentou o mesmo projeto, sem alterações, pois ele sente que isso ainda precisa ser discutido…

Pois bem, vamos discutí-lo! Um pouco tempo depois de eu ter escrito meu artigo sobre o que há por trás da cura gay, é lançado um vídeo do deputado Marco Feliciano onde ele se propõe a falar “tudo da cura gay”. Até aí, acho ótimo ele também esclarecer os pontos que ao público ficaram vagos. E, de fato, ele começa esclarecendo vários deles!

Mas, ao mesmo tempo, ele nos chama a atenção a respeito da “desonestidade intelectual” que a mídia supostamente faz ao manipular a opinião do público a respeito desse projeto de decreto legislativo. Segundo suas palavras, “desonestidade intelectual: quando querem destruir a imagem de alguém e quando querem que as pessoas pensem uma coisa, quando na verdade é outra”. O mais interessante e tudo isso é que quem foi desonesto intelectualmente não foi a mídia – que no máximo pode-se dizer ignorante dos detalhes. Quem foi desonesto intelectual foi o próprio pastor que manipulou a verdade para “destruir a imagem” da mídia e dos psicólogos a respeito da cura gay. Então, vamos por partes…

Continue Reading >>

Sobre a Morte do Google Wave


RIP Google WavePode parecer irônico, mas pouco tempo depois que escrevi inicialmente sobre o Google Wave mostrando inclusive uma entrevista feita comigo pelo pessoal do Plug da RPC, foi anunciado a morte dele – do Google Wave. Imediatamente o pessoal do Plug entrou em contato comigo para fazer uma nova entrevista sobre essa mudança de planos do Google e aqui estou eu novamente falando sobre isso!

Sim, o Wave morreu, mas ele ainda está funcionando por enquanto e acho que até mais um ano pelo menos, ou até eles conseguirem oferer ferramentas para os usuários migrarem as informações criadas para outros serviços do Google. Eles pararam com o projeto mas dizem que utilizarão as ferramentas criadas no Wave em outros projetos futuros – e quem sabe até em uma nova rede social!

Assistam ao vídeo para mais detalhes e informações:

Continue Reading >>

Você conhece ou usa o Google Wave?


Você conhece ou usa o Google Wave?Eu conheço e uso o Google Wave. E uso até com bastante frequência, principalmente para organizar gravações de podcasts. De várias formas, ele acaba sendo mais prático do que email, principalmente quando criando trabalhos colaborativos. Mas, infelizmente ele foi muito mal vendido, como uma rede social, como um novo Twitter.

Hoje, utilizando essa ferramenta, um amigo vendo comentou, “você é a única pessoa no mundo que ainda usa isso,” para o qual respondi, “eu e meus amigos com quem coordeno trabalhos!” O Google Wave tem sim sua utilidade, basta você descobrir e ter o hábito de utilizar. Uma coisa chata para o usuário é ter que entrar sempre na página do Wave para ver se alguém mandou algo, como se faz com o email. E, como poucos utilizam o Wave, acaba ficando chato de entrar sempre.

Google Wave Add-on for FireFox

Continue Reading >>

Fale mais sobre isso no Formspring.me


Formspring

Não vou aqui explicar o que é esse serviço, nem detalhar pra que serve. Bom, vou ao menos falar pra que serve, né?

Basicamente, o Formspring.me tenta ser uma nova forma de “rede social” onde pessoas respondem perguntas ou de amigos ou de anônimos. Bem simples, não? Pensando nessa possibilidade, comecei a utilizá-lo para responder perguntas sobre psicologia e o que mais qualquer pessoa quiser saber.

Atualmente existem várias perguntas e respostas sobre psicologia e questões pessoais. Quem só tiver curiosidade, pode visitar minha página lá. E quem quiser fazer uma pergunta, por lá também pode fazê-lo! Assim que eu vejo uma nova pergunta, eu prontamente as respondo. Às vezes demora um pouco porque o serviço de aviso via email do Formspring é um pouco lento. Mas eu respondo a todas as perguntas!

Continue Reading >>

Quem observa os observadores? Uma Introdução


Who watches the WatchmenQuis Custodiet Ipso Custodet” é uma frase muito antiga do poeta romano Juvenal que quer dizer literalmente “Quem vai guardar aqueles que guardam” ou às vezes, “quem observa os observadores”. Essa frase, para quem assistiu ao filme Watchmen ou leu a graphic novel, sabe que essa frase aparece algumas vezes como forma de protesto contra os heróis mascarados. O engraçado é que em nenhum momento da história eles são chamados de Watchmen (ao menos no original do Alan Moore), mas esse nome vem justamente da referência a essa frase.

Mas, independente de Alan Moore, essa frase reflete um pouco em como pode ser nossa vida na internet. Quem possui vida online é constantemente observado. Ao mesmo tempo, também observa. Vale ver como funciona, por exemplo, o Orkut. Lá, cada vez que olhamos o perfil de alguém, o sistema avisa o observado quem o observou. Somos constantemente vigiados.

Continue Reading >>

Ano novo no Brasil e novos projetos na Internet tupiniquim


Todos sabem que no Brasil, o ano só começa depois do carnaval. Hoje termina oficialmente o carnaval, então entramos na contagem regressiva para que o ano começe a partir da próxima segunda-feira.

screenshotE gostaria de aproveitar esta oportunidade para anunciar dois novos projetos na internet brasileira este ano. Um dele é um novo blog e outro é um novo podcast.

O novo blog é da Federação dos Planetas Unidos, fã-clube de ficção-científica, ciência e tecnologia construído por fãs da série Jornada nas Estrelas. O fã-clube em si é cediado em Curitiba, mas a idéia do blog é para servir como ponto de encontro para fãs de ficção-científica em geral. Ele já começou com o anúncio da TrekCon a ser realizada perto da estréia do novo filme de Jornada nas Estrelas. Se você gosta de Star Trek ou é fã de ficção-científica, esse é um blog interessante para acompanhar!

O novo podcast é mais um projeto do meu amigo Eduardo Moreira, do antigo podcast de Eduardo Moreira. Eu falei aqui que a execução de seu antigo podcast pessoal iria dar muitos frutos. Pois bem, o M2List é mais um podcast fruto dessa morte! Ele é pra ser um projeto musical, uma lista de músicas brevemente comentadas. E já no lançamento do episódio piloto poderemos ver que esse podcast promete, e muito! Eu, como sou um grande fã de música e de podcasts, encontro nesse programa uma ótima forma de aliar os dois! Já sentia saudades de ouvir música no meu iPod, mas sempre que tenho tempo acabo ouvindo algum podcast. Agora não tenho mais esse problema! Parabéns, Moreira, pelo seu novo projeto e que ele traga muitos mais frutos! (E aguardem que logo logo eu faço uma participação lá)

E pra quem quer conferir, vou colocar aqui o audio do episódio piloto do podcast. É só clicar no player pra ouvir e descobrir mais um ótimo podcast!


E visitem o blog do pocast, inclusive para assinar o feed no seu iTunes!

Blogueiros de Curitiba se encontram em Shopping


Pois é, o #ebc saiu no jornal! Tudo bem que é um jornal da internet, mas nada mais apropriado para falar de blogueiros do que usar a internet, certo? Pois bem. Basicamente a matéria fala sobre o Encontro de Blogueiros de Curitiba, realizado toda sexta-feira no Shopping Estação, no centro de Curitiba. Se quiserem ler a matéria, é só clicar aqui.

Crônica de uma Morte Anunciada


Já faz algum tempo que o nosso amigo Eduardo Moreira vem anunciando a morte de seu podcast, o Podcast de Eduardo Moreira. Diz ele que ele iria suicidar seu podcast e anunciou a data: 31 de dezembro de 2008. E ele cumpriu o prometido. Anunciou a morte de seu podcast, mas não para parar com o podcasting, mas sim para iniciar DOIS novos projetos. Ele mata um podast e cria dois podcasts. Mais sobre isso, vocês podem ler no próprio Blog de Eduardo Moreira ou em seu Drops.

O que eu gostaria de comentar aqui é sobre o anúncio da morte do podcast. São poucas as mortes anunciadas. Uma delas são as mortes feitas através da Pena Capital em países que se utilizam desse sistema bárbaro de punição que não serve pra nada. Outras são as cartas de suicídio que descrevem como e quando o suicida irá ser seu próprio algoz.

Mas é interessante o anúncio de uma morte e a consequência dela. Geralmente, um suicídio não é aceito. Fato. A medicina trata a ideação suicida (a idéia de suicídio ou de morte) como um sintoma clínico da depressão, por exemplo, sintoma tal que deve ser tratado. Tive pacientes que foram internados por psiquiatras por falarem de idéias de morte e suicídio com eles. A sociologia trata o suicídio como algo epidemiológico. O primeiro estudo sociológico sobre suicídio foi feito por Durkheim onde ele mostra que a grande quantidade de suicídios faz com que ele seja um problema epidemiológico e sociológico também. A religião trata o suicídio como um pecado mortal, como algo que não podemos fazer, pois Deus nos deu a vida e nós não podemos tirá-la. Podemos inclusive falar no aspecto jurídico, pois todos temos o direito à vida e não direito sobre a vida.

É muito difícil falarmos sobre o suicídio ou aceitarmos ele. Mas uma coisa é certa: as coisas morrem. Todos morreremos. E por que não podemos falar ou pensar sobre a nossa morte? Eduardo Moreira fez isso. E ao fazê-lo, reiterou que dia 31 de dezembro de 2008 seria o último dia que poderíamos fazer a piada que ele é “Eduardo Moreira, do Blog de Eduardo Moreira, do Podcast de Eduardo Moreira, do Gengibre de Eduardo Moreira, da casa de Eduardo Moreira”… E agora ele pode estar certo. Não mais poderemos fazer essa piada. MAS, poderemos fazer outras piadas! Como dizer que “Ele é Eduardo Moreira, do Eduardomoreira.net, do finaldo Podcast de Eduardo Moreira, do Antigo Gengibre de Eduardo Moreira e agora simplesmente Drops, ainda da casa de Eduardo Moreira”, etc…

hehehe

O tempo passa, as mortes vêm para trazer mudanças (no caso do Eduardo Moreira, morreu um podcast para nascer dois, o FeedbackNews Podcast e o TargetHD), mas algumas coisas continuam para sempre. Eduardo Moreira, você sempre será lembrado por quem você é, foi e será! Seu nome será lembrado por muito tempo! E boa sorte nos seus (e nossos) novos projetos!