Archives for : Curiosidades

Logoslogia


Uma rosa por outro nome ainda seria uma rosa?Uma das questões que mais me incomoda quando falamos sobre ciência é sobre a definição e origem dos diferentes nomes das ciências. Muitas pessoas acham que o nome é irrelevante, pois “uma rosa sob outro nome teria o mesmo perfume”, como disse Shakespeare em Romeu e Julieta. Essa inclusive é uma discussão no livro O Nome da Rosa, de Umberto Eco. Mas o nome é importante sim, principalmente para saber diferenciar e identificar as coisas.

Durante muito tempo, os nomes eram vistos como extensões da alma. Tanto é que atribuir um nome a algo era atribuir uma alma a isso. Não é à toa que no relato bíblico da criação do mundo Deus dá ao homem a tarefa de dar nome aos animais. Dessa forma, não só os animais poderiam ser identificados, mas também o homem seria como Deus, pois ele estaria atribuindo alma e sendo criador também. E, ao negligenciarmos os nomes, estamos negligenciado a alma das coisas, sua essência.

Continue Reading >>

Garfield se preparando para vir pra Curitiba


Não sei se é coincidência, mas Garfield novamente faz referência à nossa cidade. Desta vez, ele está preparando o guardarroupas (que ficou muito estranho depois da reforma ortográfica) para vir pra cá, separando as roupas de inverno e as roupas de verão e percebendo que precisa de mais roupas para passar um simples dia em Curitiba. Quem mora aqui ou conhece a cidade, sabe do que estou falando… Então, vamos à tirinha! Para ver mais, visitem www.garfield.com.

garfiel_-curitiba2

Ahhh… a Nostalgia: O Pato


Estava eu vendo alguns vídeos no Youtube (sim, faço isso quando não tenho mais nada pra fazer da vida) quando me deparo com este clipe brilhantemente animado de uma das minhas músicas favoritas da infância: O Pato, de Toquinho. Vou deixá-los com o clipe e logo abaixo eu posto a letra da música pra vocês acompanharem também.

Lá vem o pato
Pata aqui, pata acolá
La vem o pato
Para ver o que é que há

O pato pateta
Pintou o caneco
Surrou a galinha
Bateu no marreco
Pulou do poleiro
No pé do cavalo
Levou um coice
Criou um galo

Comeu um pedaço
De jenipapo
Ficou engasgado
Com dor no papo
Caiu no poço
Quebrou a tigela
Tantas fez o moço
Que foi pra panela

Garfield passa o final de semana em Curitiba


O site www.garfield.com apresenta todos os dias as tiras do dia feitas pelo cartunista Jim Davis. E, qual é a minha surpresa quando a tira de hoje mostra Garfield justamente aqui, em Curitiba?? E daí vocês me perguntam: como é que você sabe que Jim Davis estava mostrando a sua cidade? A resposta é simples: Curitiba é exatamente assim e tem sido assim pelas últimas semanas. Então confiram a tirinha e comprovem por vocês mesmos!

garfield-em-curitiba

"Dicída-se de uma vez!"

Top 7 melhores números para ser fazer uma lista de Tops


Já que todos estão fazendo seus tops, vou fazer aqui o meu top 7 com os melhores números para se fazer lista de Tops, com suas justificativas, é claro.

7 – 100: Com 100 possibilidades para sua lista, ele pode ficar bastante completa. Esse valor é aconselhado para listas que tem muitos candidatos, como a lista dos melhores filmes da década de 1990 ou as mulheres mais sexys do mundo.

6 – 11: A lista de Tops utilizada pelo pessoal do Depois das 11 Pocast!Não é um número muito redondo nem conhecido, mas mesmo assim, por sua originalidade, merece um lugar aqui nesta lista.

5 – 3: Uma lista curtae rápida. Medalhas de bronze, prata e ouro. Ou para universos amostrais muito pequenos, como os melhores aparelhos da série N da Nokia.

4 – 5: Uma lista um pouco maior e mais elaborada para universos pequenos. Ainda é possível fazer um Top 5 dos melhores aparelhos da série N da Nokia, ou quem sabe os Top 5 maiores defeitos do iPhone.

3 – 15: Um número desafiador para quem faz listas de Tops, já que ela requer um pouco mais de esforço do que uma simples lista de 10 e oferece mais informação que uma lista de 5. Ela só não está melhor posicionada justamente porque ela dá mais trabalho e acaba não oferecendo muito mais informações do que o nosso segundo lugar na lista:

2 – 10: O clássico dos Tops! O 10 oferece uma quantidade decimalmente perfeita para quem quer saber os melhores ou piores de qualquer coisa.

1 – 7: E em primeiro lugar, o mu favorito, o Top 7. Mas por que 7? Ele oferece mais informação do que o 5 e não se estende tanto quanto o 10 e o 15, mas mesmo assim oferece uma quantidade suficientemente boa para qualquer lista de Tops. E por isso, ela fica em primeiro lugar!

Sim, eu não tenho mais nada pra fazer da vida. =D

PS: Pra todos aqueles que me escrevem sobre seus iPods, eu posso responder às dúvidas de todos. Só me esperem um pouco pra eu ter mais tempo pra elaborar essas respostas que são um tanto quanto técnicas e merecem mais cuidado e atenção de minha parte, do que uma lista de Top 7…

A História atrás da Sexta-Feira 13


Hoje é sexta-feira 13, um dia que todos acham que tem algo de diferente, mas é tão normal quanto qualquer outro. Hoje, coincidentemente, é a estréia do novo filme Sexta-Feira 13, recontando, de novo, mais uma vez, pela 11ª vez, tudo de novo, a história do serial killer from hell Jason Voorhess.

Mas não é desse “Sexta-Feira 13” que quero falar. Quero falar sobre o dia de hoje mesmo. Chamam Sexta-Feira 13 como o dia do azar. Mas já se perguntaram por que justamente hoje é o dia do azar? Por que não no sábado 14? Ou na segunda-feira 16? Pra mim, a segunda é mais azarada, porque chegamos no meio do mês e percebemos que acabou o dinheiro do mês e não temos mais nada pra mais 15 dias! Isso sim é azar…

Mas, muitas lendas giram em torno da sexta-feira 13. A mais aceita envolve a morte de Jesus Cristo. Segundo as tradições bíblicas, na última ceia, realizada numa quinta-feira, haviam 13 pessoas sentadas à mesa e isso levou à morte de Jesus, numa sexta-feira.

Uma outra referência a isso é a origem do azar relacionado ao número 13. Segundo as tradições místicas do Tarot, a carta 13 (XIII) é a carta da Morte. Como as pessoas não gostam da morte, associam a morte ao azar. Mas isso é pura ignorância e preconceito, já que a carta da Morte traz uma necessidade de transformação e de mudança. Talvez as pessoas achem que é um azar precisar mudar alguma coisa. Eu pessoalmente gosto de mudanças.

E existem ainda outras referências à sexta-feira 13, mas não me lembro de cabeça. Então tá. É isso.

ERR-OR 404! ER-ROR 404!


Uma das minhas maiores diversões na antiga internet da década de 90 (sim, comecei a passear por estas bandas nos idos de 1996) era encontrar as páginas de erro da Angelfire. Lá naquela época, quando não existiam blogs (ou se existiam, eles não eram tão difundidos) e as pessoas se comunicavam via IRC ou ICQ (qualquer hora eu escrevo sobre ICQ também) e os emails tinham um limite de 6Mb e eram só permitidos emails em texto (meldels, tô velho!), a maioria das pessoas que queriam (ou tinham um conhecimento suficiente de HTML) expor suas idéias na internet usavam algum serviço gratuito de hospedagem e criação de sites, como o Geocities (antes de virar Yahoo! Geocities) e o Angelfire (entre tantos outros que não me lembro mais). Ver um endereço no buscador do yahoo ou do altavista ou até mesmo do cadê que começasse com geocities.com ou angelfire.com significava um conteúdo feito pelos usuários e não pelas empresas (talvez o início da Web 2.0).

null

Mas o mais divertido era ver uma página na Angelfire e encontrar as páginas aleatórias de erro. Geralmente, os erros 404 (página não encontraga) são chatos e sem graça, mas a Angelfire revolucionou isso tornando essas páginas de erro divertidas, fazendo com que sua frustração por não encontrar sua página fosse menor. Isso, inclusive foi usado pelo Orkut, mas como eles só tem UMA mensagem de erro, ficou chato ver o “No donur for you, Orkut”.

Hoje, ao reencontrar uma página da Angelfire através do Twitter, voltei a fuçar nas mensagens de erro. E as velhas lembranças voltaram… Infelizmente, as mensagens antigas mudaram. Acho que eles sempre mudam. Então, só vou colocar aqui as mensagens atuais que eu conseguir pescar. E não vou me dar o trabalho de traduzir, me desculpem. Quem sabe eu traduzo isso depois?

Your lucky numbers for today: 4, 0, 4.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

We didn’t do it.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

Missing: One Home Page.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

On the internet, no one can hear you scream.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

CDIV
(Et tu, Angelfire?)
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

If you’re reading this, it means this page is no more.
It’s probably not your fault.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

The page you wanted is taking a long lunch.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

‘I remember when the internet only had a few pages, and they all worked’ – ‘Sure, Grampa…’
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

Great, now you’ve gone and done it. You’ve broken the Internet.
Way to go!
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

Sometimes we like to get a little crazy and type in totally random URLs to see what happens.
This is what happens.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

Apparently, this page is not compatible with any browsers.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

This page has moved to California to find itself.
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

First crop circles and now this…
Weird!
Actually, we couldn’t find the page you requested. Please check the URL.

Qual é sua favorita?