Archives for : cultura

Um olhar psicológico sobre as discussões culturais e naturais sobre gênero e sociedade

Temos como negar o que está diante de nós?Estava no Facebook dias atrás quando vi o desabafo de uma amiga sobre uma questão pertinente aos estudos culturais de gênero que ela estuda no mestrado. Ela estava desabafando que existem pesquisadores que, de certa forma, levantam a bandeira do negacionismo biológico, colocando que tudo é uma construção cultural. No caso, ela estava explicando que existem pessoas que, para defenderem que as diferenças de gênero são questões socialmente construídas, atacam qualquer possibilidade de aceitar marcações biológicas para a definição de gênero. Ou seja, gênero deveria ser uma escolha ou construção pessoal, não uma imposição cultural, muito menos utilizando-se de argumentos biológicos.

Esse é um debate acalorado, com apoiadores de ambos os lados. Eu, particularmente, aceito a posição da minha amiga que, por mais que existam definições culturais na discussão sobre gêneros, não podemos esquecer que possuímos corpos biológicos e que esses corpos biológicos impõem de certa forma limitações como menstruações para as mulheres (por mais que muitas delas prefiram tomar remédios para evitar os desconfortos mensais) e a impossibilidade de gerar vida para os homens, por exemplo.

Continue Reading >>

Refletindo sobre Paradigmas Educacionais com Ken Robinson

Sir Ken Robinson Faz tempo quero começar uma série de reflexões a cerca da educação, não só a educação individual mas principalmente sobre os sistemas de educação públicas e privadas. Mas, antes é bom deixar registrado o que já existe e o que já fizeram sobre educação. Atualmente, o principal nome na área é Sir Ken Robinson, educador britânico radicado nos Estados Unidos e um dos principais pensadores atualmente sobre as mudanças de paradigma educacional.

Quero deixar aqui um breve vídeo que ilustra – literalmente – uma de suas palestras. Neste vídeo, ele fala sobre o atual paradigma educacional, seus principais problemas e como é possível modificá-los. Tanto a educação privada quanto a pública no Brasil sofrem do mesmo mal porque fazem parte de um mesmo sistema padronizado pelo Governo. Mas, melhor do que eu escrever aqui sobre o vídeo, vale mais a pena assistirem a ele.

Em breve, farei mais reflexões, não só sobre este vídeo, mas sobre outros assuntos também. Qualquer comentário que tenham sobre a educação, por favor, deixem aqui que possivelmente servirão para futuras reflexões!