Archives for : natureza

Um olhar psicológico sobre as discussões culturais e naturais sobre gênero e sociedade

Temos como negar o que está diante de nós?Estava no Facebook dias atrás quando vi o desabafo de uma amiga sobre uma questão pertinente aos estudos culturais de gênero que ela estuda no mestrado. Ela estava desabafando que existem pesquisadores que, de certa forma, levantam a bandeira do negacionismo biológico, colocando que tudo é uma construção cultural. No caso, ela estava explicando que existem pessoas que, para defenderem que as diferenças de gênero são questões socialmente construídas, atacam qualquer possibilidade de aceitar marcações biológicas para a definição de gênero. Ou seja, gênero deveria ser uma escolha ou construção pessoal, não uma imposição cultural, muito menos utilizando-se de argumentos biológicos.

Esse é um debate acalorado, com apoiadores de ambos os lados. Eu, particularmente, aceito a posição da minha amiga que, por mais que existam definições culturais na discussão sobre gêneros, não podemos esquecer que possuímos corpos biológicos e que esses corpos biológicos impõem de certa forma limitações como menstruações para as mulheres (por mais que muitas delas prefiram tomar remédios para evitar os desconfortos mensais) e a impossibilidade de gerar vida para os homens, por exemplo.

Continue Reading >>

Um pouco sobre as Fadas

Um pouco mais sobre as fadas...Após iniciarmos nossa jornada pelo mundo dos contos de fadas, é interessante conhecermos melhor quem são esses seres fantásticos que dão nome a todo esse gênero literário, as Fadas.

A palavra “fada” vem do latim fatum, que signfica “destino, fatalidade, fado”. As fadas seriam então forças da natureza capazes de interferir no destino das pessoas. A origem das fadas é das culturas celta, germânica, nordico e anglo-saxã, onde supostamente seriam as fêmeas dos elfos, ou representantes femininas de forças da natureza ou de diferentes elementos da natureza, às vezes relacionadas aos elementos da terra, do fogo, do ar e da água e outras vezes ainda relacionadas aos seres elementais.

Dessa forma, as fadas se apresentam como mulheres belas capazes de ajudar ou prejudicar, guiar ou seduzir o caminho de um herói. Devido à influência do cristianismo, muitas vezes as fadas são relatadas como bruxas ou ainda demônios.

Na cultura greco-romana, a relação com as fadas estaria na figura das ninfas, que são divindades da natureza. Também teriam relação com as Moiras, que seriam três irmãs que teceriam o destino dos humanos e dos deuses. Vale ressaltar que, por mais que exista uma analogia arquetípica entre as fadas e as ninfas, elas não são parentes.

Continue Reading >>